Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Experts

Divulgação

Profissão manicure: crescimento do setor oferece mais empregos

No Brasil há mais de 1 milhão de salões de beleza, o que significa uma ótima oportunidade para a profissão manicure

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Euromonitor, no Brasil há mais de 1 milhão de salões de beleza, nos quais os atendimentos de manicure só perdem para os de cabelereiro. Uma excelente chance para quem quer se capacitar, seguir a profissão manicure e fazer crescer a renda mensal, não é mesmo? Em média, uma manicure consegue tirar R$ 3 mil por mês — em finais de ano, o valor pode dobrar!

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos (Abipehc), o Brasil já é o segundo país do mundo no mercado de esmaltes. E a expectativa, de acordo com um relatório da Mintel, é que neste ano de 2019 o segmento tenha um crescimento de 5,9%, alcançando R$ 7,68 bilhões em vendas. O cenário positivo é uma ótima oportunidade para quem deseja apostar na profissão de manicure para ingressar — ou voltar — ao mercado de trabalho. Em 15 anos, o Instituto Embelleze, rede de franquias de cursos profissionalizantes na área da beleza, formou quase 200 mil alunos nos cursos de Manicure e Pedicure, Alongamento de Unhas e Unhas Artísticas. “Trata-se de uma carreira que está retornando com força total ao mercado, aumentando cada vez mais a procura por profissionais qualificados”, afirma o gerente de marketing da rede, Eduardo Costa.

Para Eduardo, a profissão ganhou espaço e reconhecimento na área da beleza devido à segmentação do setor, que foi promovida pelas esmalterias e serviços de nail care at home (cuidados com as unhas em domicílio). Foi apostando nisso que Raquel Lima, 24 anos, decidiu investir na área. Após ter que largar o emprego de vendedora por não ter com quem deixar o filho pequeno, a jovem decidiu se matricular no curso de Manicure e Pedicure, do Instituto Embelleze, para trabalhar por conta e assim dar mais atenção para sua família. “Eu tinha uma rotina muito cansativa, quase não via meu filho. Apesar de sempre gostar de fazer unhas, nunca havia pensando em trabalhar na área. Minha mãe me incentivou, eu me matriculei no curso e foi uma verdadeira surpresa”, conta a estudante. Em apenas um mês e meio de curso, Raquel já conseguiu abrir uma esmalteria, possui uma funcionária, uma agenda lotada e uma renda surpreendente para quem está começando o próprio negócio. “Em 3 semanas eu já tirei 50% do que que ganhava no antigo emprego. Mas a esmalteria está crescendo muito rápido, então acredito que em menos de um ano minha renda aumentará bastante”, afirma.

 

manicure

De volta ao mercado de trabalho

A crise que há tempos se estabeleceu no país resultou no aumento de desempregados e em uma dificuldade enorme dos mesmos para voltar ao mercado de trabalho. Mas se muitas profissões estão fechando portas, a área de beleza tem renovado a esperança de muita gente. Foi assim para Francisca Alves de Assunção, 48 anos, que trabalhou durante anos em uma multinacional francesa e se viu desempregada do dia para noite. Sem conseguir se recolocar e com uma filha de 13 anos para sustentar, Francisca buscou uma oportunidade para garantir renda ao final do mês. Começou com o curso de extensão de cílios, mas ao notar que apenas ele não seria suficiente para se manter financeiramente, se matriculou em mais três: designer de sobrancelha, depilação e manicure e pedicure. Finalizou o primeiro, ainda cursa os demais, no entanto já consegue fazer atendimentos em casa. “Sempre achei a área da beleza extremamente promissora. Quando fiquei desempregada não pensei duas vezes. Hoje eu já faço atendimentos em casa e consigo tirar o dinheiro para bancar as contas e o sustento da minha filha”, afirma.

Outro caso é o da assistente de eventos Christiane de Lima, 41 anos, que perdeu o emprego e não conseguiu mais voltar para a área de atuação. Formada no curso de manicure e pedicure há 4 meses, já realiza diversos atendimentos em casa e consegue garantir com a profissão manicure praticamente o mesmo salário de antigamente. “É um negócio bastante recente, mas observando a quantidade de atendimentos que estou realizando acredito que a minha renda deverá ser muito maior este ano. Ultrapassando, até mesmo, o meu antigo salário”, conta.

esmalteria

Os homens estão invadindo o setor

Dominada pelas mulheres, a profissão manicure tem ganhado cada vez mais adeptos do sexo masculino. Somente no Instituto Embelleze já são mais de 1.100 alunos homens nos cursos que envolvem a estética das unhas, entre ativos e formandos. “É um número tímido, se comparado com a quantidade de mulheres que buscam os cursos, mas é possível observar uma tendência que está crescendo bastante”, conta Eduardo Costa.

Eduardo Nicolau, 33 anos, se profissionalizou na área de manicure após a mãe ficar doente e não conseguir mais cuidar das próprias unhas. “Minha mãe sempre foi vaidosa e tinha um cuidado muito grande com as unhas. Quando ela ficou doente e não pôde mais fazê-las sozinha, então decidi me especializar nessa área para ajudá-la”, relata. O auxílio virou profissão e, hoje, além de realizar atendimentos no estilo nail care at home, Eduardo Nicolau ministra aulas do curso de Alongamento de Unhas na unidade do Instituto Embelleze do Ipiranga, localizada em São Paulo.

De acordo com o profissional, o manicuro sai em vantagem na hora de conquistar as clientes. “Quando as clientes percebem que será um homem que irá fazer suas unhas, de início rola uma certa estranheza. Mas logo afirmam que os homens fazem melhor e com mais cuidado. Tenho diversas clientes fidelizadas e que estão sempre me indicando para as amigas”, afirma.

Eduardo Nicolau conta que a renda de um profissional da área pode variar bastante, de acordo com a região de atendimento. Mas, em média, um profissional especializado em alongamento de unhas, por exemplo, consegue tirar R$ 3 mil por mês. “As pessoas investem em beleza, mesmo em tempos de crise. Tenho alunas que apesar de residirem em comunidades carentes cobram R$ 180 por alongamento e conseguem uma boa renda mensal”, exemplifica.

Apostando alto no setor, ele pretende expandir os atendimentos para além dos domicílios e ter o próprio salão de beleza. “Esse mercado é bastante promissor e abre muitas portas para quem deseja investir. Este ano pretendo abrir um salão que tenha um pouco de tudo, desde cabelo até maquiagem. E, no mesmo local, pretendo investir em um espaço somente para as unhas”, finaliza.

 

Animada para investir na área de beleza? Encontre uma escola do Instituto Embelleze mais perto de você e transforme também a sua vida! 

Tags

profissional da beleza, mercado de trabalho, renda mensal, instituto embelleze, curso profissionalizante, esmalte, manicure, pedicure, cabeleireiro, franquia

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Tendências de make
Faltam apenas 3 meses para o início de um novo ano e as novas tendências na área da moda e da beleza já começam a dar as caras por aí! Quer ficar por dentro de todas as novidades na área de maquiagem? Vem conferir com a gente o que vai estar em alta para começar a aplicar já nas suas clientes. Afinal, o verão 2021 já está quase aqui! Delineado gráfico O delineado gráfico começou a surgir, ainda um pouco tímido, no fim de 2019 e em 2020 veio para ficar! Com a pandemia de coronavírus e a necessidade de distanciamento social, os maquiadores tiveram muito mais tempo para criações e com isso novas técnicas e artes começaram a surgir, como, além do delineado gráfico, o delineado flutuante e os fox eyes - tipo de maquiagem que deixa os olhos mais esticadinhos. Em 2021 a tendência segue em alta e vai ser explorada como nunca! As makes mais ousadas trazem cortes geométricos com delineados que extrapolam a pálpebra móvel. Cores e mais cores Com a chegada do verão, já sabemos que as cores quentes vêm por aí, não é mesmo? Mas, nessa temporada, além dos tons vibrantes, os tons clarinhos e pasteis também seguem em alta. Bege, marrom e dourado serão explorados como nunca na paleta de nudes. Para fortificar as cores, você pode apostar na técnica de cut crease, que consiste em fazer um corte em cima dos tons já utilizados na pálpebra com uma base cremosa branca ou da cor da sombra que irá aplicar por cima – assim, você garante uma pigmentação muito mais vibrante. A proposta é se arriscar e transformar makes coloridas em usáveis para qualquer horário e ocasião! Pele limpa e iluminada O excesso de produtos já era! O verão 2021 chega pedindo por mais naturalidade e coberturas de pele que vão do leve ao médio. Além disso, o acabamento iluminado e hidratante vem com tudo. Os primers, que antes serviam para matificar a pele, hoje estão presentes em versões iluminadoras e que preenchem poros, para aquela sensação de pele perfeita e natural!  Se sua cliente tem pele oleosa, uma dica para apostar no acabamento luminoso é equilibrar a oleosidade da pele e usá-la a favor da make para iluminar o rosto. Apostando em bases de acabamento acetinado e hidratantes em gel que não deixem a textura da pele matificada. Já se a sua ideia for fazer uma pele com cobertura alta, lembre-se de procurar o produto certo em vez de exagerar na quantidade. Boca esfumada Depois da febre dos lip tints, vem aí a boca esfumada. A técnica consiste em aplicar batons rosados ou avermelhados com um pincel para o rosto, sem muita precisão, até escapando um pouco dos limites dos lábios, dando aquela corzinha de saúde. Sobrancelhas para cima Em alta desde os meados de 2019, as chamadas fluffy brows ou fios wild continuam conquistando o olhar das celebridades e tudo indica que vieram para ficar! Para garantir esse look, aposte nas máscaras de sobrancelhas, que preenchem ao mesmo tempo em que fixam os fios no lugar certo. Penteie os pelinhos da sobrancelha para cima com o aplicador e pronto! Eai, gostou das tendências? Com o nosso curso de Maquiador Profissional Essencial você se torna apto a aplicar essas e outras técnicas em suas clientes. Se você já é um maquiador profissional e domina as técnicas básicas do universo da maquiagem, o curso de Maquiagem Avançada Expert foi feito especialmente para você que deseja aprimorar seus conhecimentos, com aulas sobre as mais elaboradas técnicas de maquiagem social e caracterização. Não perca tempo e venha se profissionalizar!  
> Leia mais
Os desafios da mulher no mercado de trabalho
A posição da mulher no mercado de trabalho é bem melhor do que nos anos passados. Muitos cargos exclusivos para homens hoje são ocupados com maestria por elas, o que deve ser valorizado e comemorado. Apesar disso, ainda encontramos muitas barreiras, principalmente quando falamos de liderança.  Segundo o Boletim das Mulheres no Mercado de Trabalho, divulgado pela FACAMP, o número de mulheres sem ocupação chegou ao ápice em 2020, atingindo 17,9% - bem maior do que a média nacional de 14,7%.  De acordo com a mesma pesquisa, a desigualdade salarial continua:  a única situação na qual as mulheres possuem rendas maiores que a média do Brasil (mas ainda assim menores que as dos homens) são as que possuem ensino superior completo.  Jornada dupla ou tripla de trabalho  Em 2021, o IBGE apresentou um dado que comprova a jornada dupla: enquanto os homens gastam cerca de 10 horas por semana nas atividades em casa, elas gastam 21 horas - mais do que o DOBRO.  A pandemia agravou este cenário, fazendo com que boa parte chegue a pensar em deixar o trabalho, ao se verem tendo que cuidar das demandas profissionais, dos filhos (em casa, durante o isolamento social) e da casa.  Falando de maternidade, além do desafio de conciliar as funções, sabe-se que grande parte das mulheres que se tornam mães enfrentam um cenário desafiador ao voltarem da licença-maternidade. Um estudo da FGV de 2021 aponta que a cada dez mulheres, quatro não conseguem retornar ao mercado de trabalho após a licença-maternidade.    O papel das empresas na valorização da mulher  Porém, se por um lado ainda existem empresas priorizando a liderança dos homens, já vemos muitas companhias com um novo pensamento. Por isso, muitas delas trabalham com horário flexível de trabalho, o que facilita para as mulheres que precisam dividir o tempo entre o escritório e os afazeres domésticos.  O Instituto Embelleze é um exemplo de valorização do trabalho feminino: possuímos hoje, em nosso corpo de funcionários, uma força feminina majoritária. E vamos além: oferecem cursos dos mais segmentos da beleza, para que cada aluna encontre o seu lugar de poder no mercado de trabalho, seja através de vagas disponíveis ou do empreendedorismo.   E não para por aí! A Embelleze Educa é uma plataforma totalmente digital, para que a aluna tenha acesso aos mais diversos cursos, palestras e conteúdos profissionalizantes sem sair de casa. E por um preço MUITO acessível: apenas R$19,90 por mês!   Comemore o Dia Nacional da Mulher dando uma reviravolta em sua carreira: acesse o nosso site, confira os cursos disponíveis e inicie já o seu processo de mudança.   Fontes: FACAMP Hoje Centro Sul A Tribuna RJ
> Leia mais
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados