Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Experts

ShutterStock

Precificação: quanto cobrar pelo seu serviço?

O preço que você cobra pelo seu serviço é o ideal? Confira algumas dicas de precificação para não dar mole e saber quanto receber.

Saber quanto cobrar pelo serviço que você oferece é um dos pontos iniciais para começar a atender. E se você já atende, também é importante ficar de olho nos reajustes de preços para adequar os valores de seus serviços e não ficar no vermelho no fim do mês. Não sabe nem por onde começar? Não se preocupa, estamos aqui para te ajudar!

Antes de tudo, devemos entender que o preço final é composto de várias partes, uma soma que fica mais ou menos assim: materiais + despesas gerais + mão de obra + lucro = preço final. Então, temos que trilhar um caminho para fazer essa conta.

Defina quais serão seus serviços e qual será a forma de atendimento

O primeiro passo para montar a sua própria continha e descobrir o preço final é definir os serviços que serão oferecidos – isso é importante para entender, posteriormente, quais serão seus gastos para cada atendimento.

Você pode oferecer serviços separados e também combos para facilitar a escolha dos clientes. Para exemplificar, vamos usar o caso de uma manicure:

Serviços únicos:

·       Massagem

·       Manicure

·       Pedicure

·       Esmaltação artística - cobrada por unha

Combos:

·       Pé e mão + massagem relaxante

·       Manicure + pedicure

·       Esmaltação artística - cobrada por mão

Depois, você deve levar em conta a sua forma de atendimento. Ela pode variar bastante de acordo com a sua realidade - por isso, é bom levar em conta o seu dia a dia, possibilidades e facilidades. Você pode escolher entre o atendimento em salões de beleza, a domicílio ou na sua própria casa.  

Se já tem clientes que residem próximas a você, atender em casa pode ser uma boa opção - levando em consideração que essa alternativa precisa de investimentos na infraestrutura. Se suas clientes moram em lugares mais afastados e você consegue se deslocar facilmente, escolha pelos serviços em domicílio. Ou, caso tenha contato com donos de salão de beleza, converse e avalie oportunidades.

Entenda seus custos básicos para cada um dos serviços

Chegou a hora de colocar na ponta do lápis os custos fixos de cada atendimento. Esse passo é determinante para a precificação correta dos seus serviços, afinal, é necessário repassar ao cliente tudo que ele recebe durante o atendimento, é ele quem deve pagar a conta, para que assim, seu negócio possa se sustentar e crescer.

E vamos de listas!

·       Lista 1

Primeiro, faça uma lista dos materiais básicos que você utiliza nos atendimentos e quanto costuma pagar por eles. Tenha atenção para não se esquecer de absolutamente nada!

Depois de fazer essa lista, comece a perceber o quanto gasta de material para cada atendimento. Mais uma vez, entramos no exemplo de Manicure:

Sabendo que uma garrafa de esmalte base rende 20 clientes e custa, por exemplo, R$16,00 - basta dividir esses 16 reais entre as 20 clientes, o que daria um custo de 0,80 centavos para cada uma. Ou seja, a cada 20 clientes atendidas o investimento feito em uma garrafa de esmalte base retorna pra você. É importante fazer essa conta com cada um dos materiais utilizados e registrar esse valor em uma planilha.

·       Lista 2

Sua segunda lista será a de despesas e deve ser feita de acordo com sua forma de atendimento. Nela, entram desde os gastos com água, luz, telefone e materiais de limpeza, até balinhas, cafés e copinhos plásticos que porventura você oferece aos clientes. Caso faça os atendimentos a domicílio, também é importante registrar os valores de transporte, telefone ou internet móvel (usados para marcar o atendimento), alimentação - na hipótese de comer fora e tudo aquilo que você desembolsa para chegar até lá. Aqui, também entram serviços como afiamento de tesouras e alicates, dedetização no seu espaço de trabalho e manutenção de aparelhos usados no atendimento como ventiladores e secadores.

Uma boa pergunta a se fazer é: se eu não estivesse trabalhando, estaria gastando com isso? Caso a resposta seja negativa, inclua o valor na sua lista de despesas.

·       Lista 3

A última lista tem a ver com o valor da sua mão de obra. A mão de obra é diferente do lucro, com ela você paga suas contas pessoais - é o dinheiro que usa para viver e se sustentar. Pense em quanto tempo você trabalha por dia e quanto faz sentido cobrar por hora para conseguir se manter no fim do mês.

Defina quanto quer ganhar de lucro

O lucro é um valor que deve voltar como investimento para o seu trabalho. Ou seja, é por meio dele que você pode se aprofundar em cursos e especializações, melhorar os equipamentos e utensílios que usa nos atendimentos e por aí vai!

A taxa de lucro deve incluir também uma margem para possíveis imprevistos. Então, a nossa continha ficaria mais ou menos assim:

Materiais + despesas gerais + mão de obra + lucro (lucro + margem para imprevistos) = preço final.

Mas qual é a taxa de lucro ideal? Isso depende da realidade do seu negócio! Calculamos que a margem para imprevistos deve ser de pelo menos 5% do valor do serviço, ou seja: materiais + despesas gerais + mão de obra + 5%.

Para o lucro, você pode calcular cerca de10% do valor do serviço, somando assim 15% (lucro + margem de imprevistos).

Veja o exemplo:

·       Materiais utilizados = R$4,00 por cliente

·       Despesas gerais = R$10,00 por cliente

·       Mão de obra = R$ 12,00 por cliente

4,00 + 10,00 + 12,00 = R$26,00 + 15% = R$29,90 (que podem ser arredondados para R$30,00)

*Os valores utilizados nessa conta são exemplos, para sua precificação ser correta, é necessário fazer suas próprias listas e finalizar a conta com os seus gastos!

Avalie os preços da concorrência

Por último, é importante estar de olho nos preços e movimentação da concorrência, mas sem esquecer que cada tipo de negócio e estrutura tem seus gastos e os outros podem não ter feito uma precificação tão efetiva quanto você!

Mantenha-se confiante com seu negócio e a qualidade do seu atendimento. Aproprie-se da sua precificação, assumindo que seu serviço vale cada centavo do valor cobrado. Dessa maneira, fica mais fácil lidar com os concorrentes que cobram mais barato.

Tags

Precificação, quanto cobrar, como cobrar, serviços

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Tendências de make
Faltam apenas 3 meses para o início de um novo ano e as novas tendências na área da moda e da beleza já começam a dar as caras por aí! Quer ficar por dentro de todas as novidades na área de maquiagem? Vem conferir com a gente o que vai estar em alta para começar a aplicar já nas suas clientes. Afinal, o verão 2021 já está quase aqui! Delineado gráfico O delineado gráfico começou a surgir, ainda um pouco tímido, no fim de 2019 e em 2020 veio para ficar! Com a pandemia de coronavírus e a necessidade de distanciamento social, os maquiadores tiveram muito mais tempo para criações e com isso novas técnicas e artes começaram a surgir, como, além do delineado gráfico, o delineado flutuante e os fox eyes - tipo de maquiagem que deixa os olhos mais esticadinhos. Em 2021 a tendência segue em alta e vai ser explorada como nunca! As makes mais ousadas trazem cortes geométricos com delineados que extrapolam a pálpebra móvel. Cores e mais cores Com a chegada do verão, já sabemos que as cores quentes vêm por aí, não é mesmo? Mas, nessa temporada, além dos tons vibrantes, os tons clarinhos e pasteis também seguem em alta. Bege, marrom e dourado serão explorados como nunca na paleta de nudes. Para fortificar as cores, você pode apostar na técnica de cut crease, que consiste em fazer um corte em cima dos tons já utilizados na pálpebra com uma base cremosa branca ou da cor da sombra que irá aplicar por cima – assim, você garante uma pigmentação muito mais vibrante. A proposta é se arriscar e transformar makes coloridas em usáveis para qualquer horário e ocasião! Pele limpa e iluminada O excesso de produtos já era! O verão 2021 chega pedindo por mais naturalidade e coberturas de pele que vão do leve ao médio. Além disso, o acabamento iluminado e hidratante vem com tudo. Os primers, que antes serviam para matificar a pele, hoje estão presentes em versões iluminadoras e que preenchem poros, para aquela sensação de pele perfeita e natural!  Se sua cliente tem pele oleosa, uma dica para apostar no acabamento luminoso é equilibrar a oleosidade da pele e usá-la a favor da make para iluminar o rosto. Apostando em bases de acabamento acetinado e hidratantes em gel que não deixem a textura da pele matificada. Já se a sua ideia for fazer uma pele com cobertura alta, lembre-se de procurar o produto certo em vez de exagerar na quantidade. Boca esfumada Depois da febre dos lip tints, vem aí a boca esfumada. A técnica consiste em aplicar batons rosados ou avermelhados com um pincel para o rosto, sem muita precisão, até escapando um pouco dos limites dos lábios, dando aquela corzinha de saúde. Sobrancelhas para cima Em alta desde os meados de 2019, as chamadas fluffy brows ou fios wild continuam conquistando o olhar das celebridades e tudo indica que vieram para ficar! Para garantir esse look, aposte nas máscaras de sobrancelhas, que preenchem ao mesmo tempo em que fixam os fios no lugar certo. Penteie os pelinhos da sobrancelha para cima com o aplicador e pronto! Eai, gostou das tendências? Com o nosso curso de Maquiador Profissional Essencial você se torna apto a aplicar essas e outras técnicas em suas clientes. Se você já é um maquiador profissional e domina as técnicas básicas do universo da maquiagem, o curso de Maquiagem Avançada Expert foi feito especialmente para você que deseja aprimorar seus conhecimentos, com aulas sobre as mais elaboradas técnicas de maquiagem social e caracterização. Não perca tempo e venha se profissionalizar!  
> Leia mais
COMO AJUDAR SUA CLIENTE A ESCOLHER UM PENTEADO
Quando a trança é a solução Tranças em diferentes versões estão no top trend da moda há várias temporadas e, em 2019, prometem surgir em alta novamente. Se a sua cliente é moderna, não hesite em sugerir uma boxer braid (trança boxeador) para ela expressar atualidade. Mas se ela é romântica, mostre como a trança embutida é capaz de imprimir feminilidade e leveza.   Coque é sempre um clássico Sua cliente é cheia de dúvidas e não consegue decidir nada? Convença-a a fazer um coque! Existem estilos versáteis do penteado, que podem ir do clássico coque baixo ou banana ao descontraído coque desfiado ou “podrinho”. Quando quiser criar uma imagem elegante, sofisticada e forte, opte por coques presos na altura média da cabeça e com acabamento “limpo”. Se a pedida é compor um look mais descolado e moderno, prefira fazer um coque grande e alto, preso no topo da cabeça. O romantismo e a feminilidade são garantidos com coques baixos.   Solto também é chique Um penteado com o cabelo solto pode ser muito glamouroso, sim. Basta trabalhar os fios para ganharem textura. Você pode fazer isso com uma escova lisa ou modelada, usando chapinha ou babyliss e produto de texturização. Se a sua cliente quiser criar uma imagem mais reservada, opte pela escova modelada. O babyliss com cachos definidos cria um visual romântico, mas também pode construir um look selvagem e mais sexy se você desmanchar os cachos com as mãos, aumentando o volume.      Saiba mais no nosso curso de Cabeleireiro Academy Hair ou visite uma unidade Embelleze mais próxima de você.    
> Leia mais
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados