Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Cabelo

Tendências no mundo da beleza em 2022

Confira as maiores novidades do mercado para o próximo ano

Apesar de não parecer, 2021 passou voando! Foram muitas lutas, alegrias e vitórias. Agora, é hora de aquecer os motores e se preparar para 2022! Afinal, depois de quase dois anos de isolamento social, o mercado financeiro promete BOMBAR com o retorno total das atividades. Mas, quais são as tendências do mercado da beleza?

Para que você comece o ano com o pé direito, separamos quatro novidades para você se atualizar. Confira:

Mais cor, por favor!

mulher oriental, com maquiagem colorida em fundo amarelo

O colorido estará por toda parte! Seja no verão ou no inverno, basta abrir o Instagram, folhear revistas ou colocar o pé na rua, para cada passo ser uma tendência fashionista e descolada.

Além da maquiagem, as cores tomarão conta de cômodos, estabelecimentos, produtos de beleza e tudo o que podemos imaginar.

Tranças e penteados

mulher ruiva, branca e não identificada usando tranças laterais

O calor do Brasil não dá trégua! Por isso, as tranças e penteados são as queridinhas da estação mais quente do ano. A versatilidade dos penteados permite que tranças e suas variações sejam usadas em qualquer ocasião, carregando significado, personalidade e muita beleza.

Alerta de tendências: Cílios poderosos

Mulher branca de olhos verdes, usando extensão de cílios

O olhar iluminado vai vir com tudo na próxima temporada! Com a ascensão da extensão de cílios, as designers do olhar serão cada vez mais requisitadas. Entre as tendências, A praticidade é maior de todas! Cílios compõem qualquer look, trazendo delicadeza e sensualidade.

Pele natural

duas mulheres se abraçando, uma negra e outra oriental

Não é porque o conceito é natural que os produtos serão deixados de lado! Aposte em bases e corretivos mais líquidos, que proporcionam um acabamento leve e delicado. E não se esqueça: tenha sempre um iluminador por perto! O glow é a etapa mais importante desta tendência.

Gostou das novidades? Use uma tendência por vez, dando destaque para a sua referência, afinal, muita coisa ainda está por vir. Não se esqueça de registar e marcar o @institutoembelleze no Instagram – adoramos compartilhar esses momentos com vocês!

 

 

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

12 coisas para não fazer na DEPILAÇÃO NO VERÃO
Basta a temperatura aumentar para o corpo ficar mais à mostra – o que exige pele lisinha, sem pelos. O lado bom é que cresce também a procura por profissionais de depilação. O lado preocupante é que o procedimento inadequado e/ou a falta de cuidados do cliente podem comprometer o visual. É que no verão, justamente por causa da exposição solar, a pele fica mais sensível. Os raios ultravioletas tendem a provocar ressecamento e inflamação dos tecidos, tornando a cútis um ambiente desfavorável para uma nova agressão. A depilação feita com a cera imprópria e na hora errada pode se transformar nesse vilão, sabia? Confira quais são as atitudes que você, profissional, precisa tomar e as dicas que deve recomendar para os clientes. A melhor cera depilatória Prefira trabalhar com a cera para pele sensível, à base de aloe vera, que é mais hidratante. Cuidado com a cera muito quente: além de queimar a pele, ainda provoca uma hiperpigmentação no local, o que resulta numa área escura. E tudo o que você não quer é uma mancha, certo? O uso de cera caseira feita com limão é proibido, pois se a pele não for higienizada corretamente depois da depilação e o cliente se expuser ao sol em seguida, vai ficar com manchas escuras. Quando se depilar Bem, você já sabe que o sol sensibiliza a pele, assim como a depilação. “No ato da extração dos pelos, a cera retira as células mortas que estão nas camadas superficiais da pele, atuando como uma esfoliação e, para não irritar a cútis, o ideal é programar a depilação”, explica Marcela Figueira, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze Jaboatão, no Ceará, e instrutora de depilação. Anote as boas práticas: O ideal é se depilar 24 horas antes ou 24 horas depois da exposição ao sol. “No caso de pegar sol antes, a cera pode causar machucados e queimaduras; se a exposição solar for depois da depilação, a cera pode provocar manchas”, diz Marcela. Não é aconselhável entrar na piscina depois da depilação, mesmo que ela seja coberta. “A água clorada pode desencadear uma reação alérgica, já que a pele estará mais sensível”, lembra a coordenadora pedagógica.   Foto: Shutterstock 12 coisas para não fazer na depilação no verão Antes do procedimento 1. Não se esqueça de hidratar a pele frequentemente. A hidratação aumenta a elasticidade dérmica facilitando a remoção dos pelos e a derme ressecada é mais suscetível a manchas. Só não use o produto no dia da depilação. 2. Não se depile se estiver se submetendo a algum tratamento com ácidos, pois eles fragilizam a cútis. 3. Não aplique, no dia da depilação, óleos ou cremes e loções formulados com álcool para não irritar a pele. 4. Não extraia os pelos de áreas machucadas ou irritadas. 5. Não depile se os pelos estiverem descoloridos. É que por causa da química do descolorante eles ficam mais frágeis e, por isso, há grandes chances de não serem removidos desde a raiz, encravando depois. Depois do procedimento 6. Não use bronzeador. “Ele pode ser perigoso, porque como a depilação faz uma esfoliação ela acaba removendo a pigmentação superficial da pele. Já reparou que a área fica mais clara quando depilada? Assim, ao passar o bronzeador, o produto pode ativar a melanina da área mais sensível, fazendo com que ela fique manchada”, alerta Marcela. 7. Não sufoque a pele! Deixe-a respirar, portanto, não aplique produtos à base de álcool para não sensibilizá-la. Dê algumas horas para investir em uma loção hidratante. 8. Não use óleos que tampam os poros e favorecem o encravamento do cabelo. 9. Não vista roupa apertada para não abafar a região e provocar irritação ou abafamento dos poros. 10. Não esqueça de aplicar protetor solar FPS 30 na cútis para evitar manchas. E use um produto que você já testou para não correr o risco de alergias. 11. Não caia em água quente depois da depilação — banho de chuveiro, piscina, ofurô —, porque irrita a pele. 12. Não deixe de higienizar bem a derme com um sabonete neutro e água fria para eliminar qualquer resíduo de cera. O pelo encravou? O pelo encrava quando ele tem dificuldade de atravessar todas as camadas da pele e, assim, sair pelo poro. O fio de cabelo acaba se curvando e ficando dentro da pele. Há pessoas com tendência a pelo encravado, pelo fio ser naturalmente curvo, ou porque a camada superficial da derme é mais grossa, o que dificulta a saída do pelo. A depilação realizada de forma errada, sem a técnica correta, também provoca o encravamento. Como evitar - Para diminuir a incidência do problema, ou até se livrar dele por completo, faça assim: Esfolie a pele regularmente, uma vez por semana ou a cada 15 dias, até três dias antes da depilação com cera. O afinamento da superfície da pele facilita a saída do pelo. Hidrate-se diariamente para manter a pele saudável e facilitar a extração do pelo. Evite usar roupas apertadas após a depilação para a pele respirar à vontade. Não aplique óleos ou cremes oleosos depois da depilação para não bloquear os poros. Como combater - Antes de ficar cutucando a pele para desobstruir os poros, o que acaba machucando e causando lesões, siga estes passos: Se o pelo encravou, a melhor maneira de retirá-lo é afinando a pele e liberando o poro. Com cuidado, raspe a área com lâmina de barbear. No caso de inchaço, dor e vermelhidão no local, o mais indicado é procurar orientação de um profissional, que tem os recursos mais adequados para o tratamento.   Foto: Shutterstock Alternativa à cera depilatória A coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze dá uma dica perfeita para quem deseja tirar os pelos de regiões pequenas, como o buço: “Aposte na depilação com linha. Esse método é perfeito para pele sensível, já que não utiliza química e nem oferece riscos de alergias ou queimaduras. Outra vantagem é que evita manchas”.  E atenção: um trabalho bem feito deve ser realizado com produtos registrados pela ANVISA e executado por um profissional da área capacitado, como são as pessoas que se formam no curso de depilação do Instituto Embelleze. Agora que você já sabe de todas essas dicas é só seguir e aproveitar o verão com uma pele mais saudável e bonita!
> Leia mais
Conheça o Wolf Cut, corte que é tendência do outono
A moda é cíclica e todo mundo sabe disso. As tendências vão e voltam, renovadas, para que novas gerações deem seu toque a elas. No último ano, o corte de cabelo “shag” fez o seu retorno – mas com um sabor moderno. É o chamado wolf cut (traduzido literalmente para “cabelo de lobo”) e tem sido usado, principalmente, por celebridades como Miley Cyrus, Billie Eilish e Keke Palmer.  Embora as tendências de corte de cabelo “shag” sejam populares desde o início do verão americano, os cabeleireiros de celebridades dizem que o wolf cut é o corte que vai bombar neste outono. E estamos no outono brasileiro, então, é hora de renovar o visual!  Afinal, o que torna o corte “cabelo de lobo” tão especial? Além da nostalgia que muitos adoram, ele é semelhante a um mullet (o estilo bem rockeiro dos anos 90, com uma cauda alongada atrás e a parte da frente mais comportada), que também vêm ganhando popularidade entre os adolescentes e aos que acompanham as trends do TikTok. O wolf cut é um corte de cabelo mais ousado, e feito em camadas. É quase como um nível seguinte do mullet.  O que é o Wolf Cut?  “Este corte cabelo de lobo é uma mistura entre uma ‘shag’ vintage e um leve mullet", disse a cabeleireira de celebridades Sarah Potempa à revista InStyle. “Essencialmente, é como pegar dois períodos diferentes (o “shag”, dos anos 70, e o mullet, dos anos 80) e esmagá-los em um visual moderno”.  Uma das partes mais distintas deste é seu volume e camadas - muitas camadas. A falta de mistura nas camadas pode causar um estranhamento, mas é a chave para alcançar um wolf cut com sucesso. Os resultados oferecem uma vibração nervosa, quase desfeita, bagunçada e roqueira.    Como se estiliza um corte cabelo de lobo?  Existem muitas maneiras de estilizar um corte cabelo de lobo, dependendo da textura do seu cabelo. Por exemplo, para quem tem cabelos cacheados ou ondulados naturalmente, esse corte é perfeito para enfatizar a textura do cabelo. Tudo que você precisa é de um condicionador leave-in e deixar secar ao ar para obter um visual divertido e despenteado. Mesmo às que tem cabelos mais lisos, você também pode se dar uma grande explosão de volume com este penteado. O diferencial desse estilo é exatamente que não há regras estabelecidas para estilizá-lo. A verdade é que o wolf cut se alimenta disso, ele é sobre se divertir e experimentar novas ideias.  Incrível, não? Com as habilidades dos nossos cursos sobre Cabelos, você consegue oferecer esse estilo às suas clientes antes da trend passar!  Fonte: Oprah Daily 
> Leia mais
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados