Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Depilação

3 motivos pelos quais você deve fazer um curso de Massagem Profissional

Conheça os benefícios da massagem profissional para a saúde

Elas estão com tudo! Em 2021, as massagens entraram para a rotina de beleza e autocuidado das mulheres de todo o país. Isso porque, além de promoverem o relaxamento (o que já é um ótimo aliado da beleza), elas aliviam dores musculares, reduzem medidas e, de quebra, ainda hidratam a pele.  


Por isso, separamos 3 benefícios da massagem para que você domine essa técnica e ofereça para suas clientes: 

1- Controla o estresse 

mulher branca, deitada de bruços, recebendo massagem e óleo essencial

Pessoas que vivem sob constante pressão podem ter a vida transformada com as sessões de massagem. O toque das mãos é um instrumento poderoso de alívio das tensões e da redução dos níveis de cortisol, o chamado hormônio do estresse, que gera uma série de prejuízos à saúde. Por isso, elas estão sempre relacionadas ao relaxamento. Ofereça aos clientes ocupados, que quase não tem tempo de ir ao salão. Eles vão amar!

2- Massagem modeladora para reduzir celulites e inflamações 

mulher branca não identificada, segurando uma laranja ao lado do quadril

A massagem modeladora é uma ótima aliada na luta contra a celulite! Ela aumenta a circulação sanguínea do local, além de diminuindo os nódulos da celulite e melhorando a sua aparência. Aliada à uma dieta saudável e a prática regular de exercícios, apresenta resultados ainda mais visíveis. 

3 – Auxilia na redução de medidas 

mulher branca não identificada, utilizando fita métrica para determinar medidas 

A drenagem linfática pode ser uma ótima aliada para quem está em busca da redução de medidas. Quando bem-feita, diminui a retenção de líquidos propensas ao acúmulo de gordura, como abdômen, nádegas e coxas. É, sem dúvida, a mais procurada entre mulheres do mundo inteiro.  


Para quem está em busca de um tempo offline, voltado para o autocuidado, as sessões de massagem são uma ótima pedida! Por isso, esse serviço não pode ficar de fora do seu salão. Conheça os novos cursos do Instituto Embelleze e atualize a sua cartela de serviços.   

 

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE
Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe! Comece com a limpeza da pele Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros. Aplique creme de barbear “Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok? Escolha navalha ou lâmina Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la. Faça o corte perfeito Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento. Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário. Use pós-barba Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações.      BARBEAR DA PELE SENSÍVEL Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.   Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.  
> Leia mais
Guia de cores de cabelo 2019
Embora a coloração do cabelo da atriz Juliana Paes esteja fazendo o maior sucesso, os castanhos não reinam absolutos nesta estação. Também são destaque as cores de cabelo loiro, vermelho e preto. Outra novidade são as luzes marcadas em tons que contrastam aos de base para iluminar o visual. Há opções para quem prefere nuances naturais, exóticas, suaves ou intensas. Animada para mudar o visual? Então preste atenção neste conselho: quem vai fazer uma mudança radical ou quer dar um efeito especial aos fios nunca deve arriscar a tingir o cabelo em casa. Procure um profissional qualificado para avaliar as condições das suas madeixas e determinar a melhor técnica para realizar a transformação sem danos, ok? Só para ter uma ideia dos perigos, se a estrutura capilar estiver muito danificada ou porosa, a nova coloração pode ficar manchada, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento do que outras. É importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Conheça a seguir as cores de cabelo que vão atualizar a sua aparência e tudo o que é necessário levar em conta na hora de sugerir uma transformação para a sua cliente, se você é cabeleireiro profissional. Loiros em alta Clarear o cabelo é ainda mais arriscado sem a supervisão de um cabeleireiro — os castanhos, por exemplo, podem ficar alaranjados! Outro cuidado para quem pretende ficar loira é fazer retoques mensais para deixar o loiro luminoso. Além disso, usar no dia a dia um xampu antioxidante para o tom não ficar esverdeado ou amarelo. Uma vez por semana aplique uma máscara hidratante para evitar a secura. Escolha agora um loiro para chamar de seu... Manteiga ou neutro Nem platinado, nem escuro quente: o loiro do inverno que já conquistou famosas, como Sophie Turner, Jennifer Lawrence, Hailey Baldwin, Elsa Hosk e Khloe Kardashian, está próximo do bege, areia, nude e perolado. “É o meio do caminho entre o loiro platinado e o loiro escuro. Para alcançar o perfil neutro, é feita uma combinação de nuances quentes e frias. A fusão resulta em um visual sofisticado, com muita luminosidade”, explica Jackson Nunes, hairstylist do In Beauty Luxury, em Campinas (SP). Além de dar um aspecto moderno e delicado, as cores de cabelo neutras valorizam todos os tipos de pele e não exigem muita manutenção, uma vez que as técnicas de coloração visam deixar um efeito de clareamento natural dos cabelos.   Fotos: Reprodução   Platinado Os fios claríssimos, quase brancos, com fundo acinzentado (também chamados de loiro frio ou gelo), são tendência. A opção é perfeita para quem já tem o cabelo descolorido. Para o resultado ficar bonito, o ideal é manter a raiz escura e criar uma transição bem esfumada. Essa técnica também ajuda a diminuir a necessidade de retoques. Depois da coloração é fundamental aplicar xampu roxo, que possui concentração de pigmento violeta: ele neutraliza reflexos indesejados e mantém o platinado radiante.  Fotos: Reprodução/Pinterest e Shutterstock   Loiro mel Quem já é loira ou tem fios castanho-médio pode conquistar facilmente o loiro mel da temporada. No caso de fios mais escuros, é necessário descolorir e depois tonalizar para atingir o resultado, o que acaba danificando muito o cabelo. A tonalidade mais quente pode ser aplicada por igual em toda a cabeça ou aparecer em mechas sutis, com a raiz esfumada. Assim não dá para perceber onde o clareamento começa.  Foto: Shutterstock   CASTANHOS CHIQUES O castanho e suas variantes caem bem em todos os tons de pele, das branquinhas às morenas, e combinam tanto com o inverno quanto com o verão. Nesta estação eles estão mais badalados do que nunca, graças à tendência dos tons terrosos. Pintar as madeixas de castanho não tem segredo, mas caso você se sinta segura para dar um passo além da coloração uniforme, pode testar a técnica da marmorização. Ela ilumina as mechas que emolduram o rosto e outras, no meio do cabelo, quebram o visual chapado. Confira os castanhos que são trend entre as cores de cabelo da moda — um deles está no vídeo de antes e depois, no final deste post, realizado pelo professor Mychael Alcântara, do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP). A transformação foi inspirada no castanho desejo da atriz Juliana Paes na novela A Dona do Pedaço.  Castanho terroso Os tons do deserto são a opção perfeita para deixar o cabelo loiro-escuro mais quente e glamouroso. A ideia é usar alguns marrons para ressaltar vários pontos de luz em toda a cabeça. E foi o que o cabeleireiro Felipe Freitas, do FIL Hair & Experience, fez na atriz Juliana Paes, a Maria da Paz de A Dona do Pedaço. Ele aplicou as tonalidades terrosas com a técnica balayage, que cria mechas finas por quase todo o cabelo. Foto: Divulgação   Caramelo Essa versão iluminada da cor pode tingir luzes no cabelo castanho-claro, médio ou escuro, porque não cria um contraste muito marcante. É perfeita para ressaltar a cor de base.  Foto: Reprodução/Pinterest   Chocolate Quer continuar morena? O chocolate é a sugestão ideal para quem deseja sair do preto, mas sem cair no loiro. Para a cor de cabelo ficar glamourosa, intercale mechas marrons de tonalidades mais claras com escuras.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Cold brew coffee A inspiração para essa nuance é uma bebida de mesmo nome, um café gelado com aparência semelhante ao refrigerante de cola. A coloração é um castanho com um pouco de vermelho e mogno. O cold brew dá um efeito iluminado lindo e sofisticado ao cabelo escuro.   Fotos: Reprodução/Pinterest   PRETO MARCANTE A tonalidade mais escura da cartela de cores de cabelo volta à cena depois de décadas. Como se fixa bem em fios claros, como castanhos e loiros, o preto tem alto poder de cobertura. No entanto, se você tem luzes ou mechas, o recomendado é descolorir antes para que o preto fique uniforme. Veja qual é o matiz de preto que está em alta... Preto azulado Essa tonalidade clássica volta à cena depois de décadas! Ela tem reflexos acinzentados e, por isso, ganha o aspecto azul, principalmente sob o sol. O cinza acaba deixando a cor fria e mais intensa que o preto natural, o que também evita que os fios desbotem para o vermelho. A numeração 1 depois do ponto indica que o reflexo é acinzentado, ok?   Foto: Reprodução/Pinterest   RUIVOS E VERMELHOS Os pigmentos avermelhados são partículas grandes que têm dificuldade de se instalar dentro do fio. Eles acabam se fixando superficialmente e se desprendem com mais facilidade. Por isso, cabelo vermelho se torna gradativamente loiro-dourado ou alaranjado com as lavagens. Anote os cuidados: não lave os fios mais do que três vezes por semana, use xampu neutro, não esfregue o cabelo molhado com intensidade na toalha e invista em produtos especiais para ruivos e vermelhos, que realçam mais a cor. Fique por dentro das principais tendências de cores de cabelo!  Blorange ou ruivo pessego Ousado, o tom alaranjado com nuances de rosa e dourado já fez a cabeça de muitas mulheres. É uma cor de cabelo fantasia, perfeita para quem busca uma transformação radical. Para conquistá-la, o primeiro passo é descolorir os fios.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Ruivo acobreado Para alcançar o tom, esqueça as nuances de vermelho e laranja. O pulo do gato é manter o seu fundo de cabelo natural e matizá-lo com reflexos acobreados. A técnica pega melhor em quem é loira ou tem cabelos castanhos-claros.     Foto: Reprodução/Pinterest   Vermelho carmesim Forte, brilhante e profundo, esse vermelho não é nada discreto. Cabelos do castanho ao preto necessitam de descoloração seguida de tonalização. Diminuir a frequência das lavagens é essencial para segurar o tom.   Foto: Shutterstock   Técnicas para aplicar as cores de cabelo da moda Os métodos de aplicação das tinturas vão se aperfeiçoando e mudando conforme as tendências em alta. Conheça o que vem por aí... Luzes marcadas O que antes era tido como artificial agora é moda. As luzes bem marcadas, especialmente na parte da frente do cabelo, ajudam a iluminar o visual. Esfumado degradê A técnica é indicada para quem quer clarear o cabelo sem radicalismo, já que a raiz fica mais próxima da cor natural e vai clareando gradativamente pelo comprimento até as pontas. A combinação de luz e sombra realça o movimento do cabelo e tem a vantagem de exigir menos retoques. Ombré hair Perfeita para ser feita na coloração loiro mel da moda, o ombré ilumina apenas as pontas dos fios. Haircontour É um método inspirado na famosa maquiagem de contorno e funciona como uma moldura, feita de acordo com o formato de rosto de cada mulher. Alguns pontos da cabeça são iluminados (com técnicas de clareamento à mão livre — hands free) e outros são sombreados (com tinturas ou tonalizantes escuros). Se você quer disfarçar a testa grande, evite descolorir os fios da raiz próximos à área. Quer valorizar o bocão? Faça um degradê de luzes a partir das têmporas.        
> Leia mais
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados