Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Unhas

QUAL É O SEU FORMATO DE UNHA PREFERIDO?

Unha stiletto, bailarina e amendoada são os estilos mais procurados do momento. Aprenda passo a passo a criar essas formas

Lembra quando só existiam dois formatos de unhas em toda a face da terra? Ou eram quadradas ou redondas, e ponto. Felizmente, um dia, algum gênio resolveu olhar fora da caixinha e testar outros formatos. E foi aí que veio a grande surpresa! O mundo percebeu que novas formas poderiam fazer muito sucesso nas mãos da mulherada.

Daí pra frente, a coisa toda mudou e os mais diferentes tipos de unhas surgem todos os anos nas passarelas surpreendendo os apaixonados por moda e beleza. As tendências também ajudam a compor o estilo de muitas celebridades, que assumem personalidades marcantes.

Além dos modelos tradicionais que nunca deixam de fazer sucesso, como as unhas quadradas, arredondadas, ovais e quadradas arredondadas, separamos três dos modelos mais usados no momento para inspirar você a deixar a sua cliente na moda. 

Stiletto

unha stiletto
Foto: Reprodução/Pinterest

Inspirada nas garras de animais, as unhas pontiagudas são a mistura do formato oval e triangular, demonstrando poder e ousadia. É também um dos estilos queridinhos pelas famosas brasileiras e internacionais, por trazerem um ar mais moderno e irreverente. Para esculpir essas belezinhas longas e fininhas é muito fácil:

  1. Apare os cantos das unhas em diagonal com um alicate para corte.
  2. Depois, lixe as laterais com uma lixa áspera para definir o formato.
  3. A ponta precisa ficar pontiaguda e fina, com cuidado para não deixá-la frágil.

 Bailarina

unha bailarina
Foto: Reprodução/Pinterest

O nome já indica que essa unha é bem delicada, diferente do formato stiletto. O formato é inspirado nas sapatilhas de balé, por isso é comprido e finaliza com uma ponta quadrada. O formato moderninho também já caiu no gosto das famosas: as maiores representantes do estilo são as irmãs Kardashian, que variam os tons de esmalte entre fortes e suaves. Para fazê-las, também é muito simples:

  1. Comece lixando as laterais das unhas até que fiquem em formato V.
  2. Molde as pontas com uma lixa áspera para dar o efeito quadrado.
  3. Para fortalecer, tanto nesse formato como no Stilletto, use uma base fortalecedora.

 

Amendoada

unha amendoadaFoto: Reprodução/Pinterest

Com formato de amêndoas, elas são um pouco mais curtas e menos pontiagudas do que a stilleto. No entanto, são diferentes no tamanho e na forma, já que uma é mais triangular e a outra um pouco oval. Esse estilo retrô é ideal para quem não quer uma mudança muito radical, mas deseja sair do comum. Olha só como se faz:

  1. Para ajudar a lixar na direção certa, use um lápis delineador para pontilhar o centro das unhas, da cutícula até a ponta.
  2. Com uma lixa áspera, lixe as laterais em direção ao centro da unha.
  3. Arredonde a ponta deixando o formato entre o arredondado e triangular.

 

Dicas de formato & esmaltação

 guia formatos de unhasIlustração: Shutterstock

Agora que você já aprendeu como fazer os principais formatos do momento, já pode aplicar as técnicas em suas clientes.
Veja também quais são os cuidados essenciais para ter unhas bonitas e fortes e como manter as unhas bonitas a semana toda.

Lembrando que, para ter um resultado incrível, a ajuda de um profissional é essencial. E tudo fica ainda melhor com as técnicas ensinadas no Curso de Manicure e Pedicure Profissional do Instituto Embelleze.

 

Tags

unhas, formatos de unhas, esmalte, manicure, curso profissionalizante, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Botox capilar para homens
Passar um bom tempo em frente ao espelho e ostentar fios bonitos e bem cuidados não é mais exclusividade das mulheres. De uns tempos pra cá, os homens resolveram assumir sua vaidade e se dedicar mais aos cuidados com a beleza. Super de boas! Tanto que a febre do momento é o botox capilar masculino, uma tendência que está bombando entre os procedimentos feitos por eles nas barbearias e nos salões. Rodrigo Lima, diretor artístico do salão Circus, de São Paulo, com duas unidades na região da Paulista – uma na Augusta e outra na Pamplona – credita essa mudança de comportamento a uma nova postura. “O homem está se cuidando muito mais e procurando meios para manter um estilo, a saúde e o bem-estar. E, claro, que nessa busca entra uma primazia com o visual, para deixar o cabelo com bom caimento, sem frizz e com um brilho bacana. É visível como aumentou a procura por procedimentos que deixam os cabelos mais estruturados e alinhados”, pontua o cabeleireiro, proprietário do espaço que já tem 50% de homens entre a sua clientela. Mas atenção antes de correr em busca do botox capilar: o tratamento pode ter nomes diferentes conforme a região do país, podendo ser chamado também de plástica dos fios ou escova orgânica. E mais: é o mesmo tratamento que já faz sucesso entre as mulheres há algumas temporadas. Saiba tudo sobre o assunto agora. Como funciona O botox capilar tem como principal vantagem devolver componentes perdidos pelo cabelo no dia a dia, como ceramidas, queratina e lipídeos. Também fecha as cutículas do fio, aquelas escamas protetoras, trazendo brilho e alinhamento à fibra capilar, além de garantir uma hidratação potente. “É importante lembrar que o botox capilar não necessariamente alisa o cabelo, mas sim reduz volume e frizz”, destaca Rodrigo Lima. Para quem é indicado Homens que não têm química nos cabelos possuem poucas restrições — a maioria é liberada para fazer essa técnica de tratamento. O formato do cabelo também não implica em nada, seja reto, seja ondulado. Por outro lado, é sempre válido uma análise e diagnóstico do cabeleireiro antes de optar por qualquer procedimento para definir se o cabelo realmente precisa do procedimento ou não. Muitas vezes, a mudança de um produto no cotidiano já resolve, mas só mesmo um profissional especializado para falar. É importante lembrar que em casos de problemas, como queda de cabelo ou afinamento excessivo do fio, é bom se consultar como um médico previamente para determinar a possibilidade da realização do botox capilar. “Tome cuidado também com a mistura de químicas! Não é recomendável fazer o botox capilar em cabelo descolorido ou com outras químicas”, aconselha Rodrigo Lima. Manutenção Vai depender do efeito desejado, mas em linhas gerais, na maioria dos casos, os retoques são feitos em média, a cada dois meses. Novamente é importante lembrar que o produto utilizado é que define essa variação. “O número de lavagens interfere diretamente também, porém se considerarmos que a maioria dos homens lava o cabelo todo dia, a média do tempo de duração do tratamento é de 30 a 40 dias”, mensura Rodrigo Lima. Alguns cuidados no dia a dia não estendem o tempo de duração do procedimento, mas aumentam o grau de satisfação com o efeito desejado do botox capilar como, por exemplo, manter a hidratação semanal e evitar produtos anti-resíduos para não mandar embora os ativos utilizados no salão. A dica básica para garantir o realinhamento capilar e preenchimento da fibra é escolher uma linha de xampu e condicionador com ação de plástica dos fios ou que contenham ceramidas, colágeno, arginina e queratina na fórmula. Para turbinar a hidratação, use máscara com efeito de reconstrução do cronograma capilar uma vez por semana (ou de acordo com indicação do cabeleireiro).    
> Leia mais
QUANDO FAZER RECONSTRUÇÃO, HIDRATAÇÃO E NUTRIÇÃO CAPILAR?
Aquele tratamento maravilhoso que você sempre faz já não está surtindo mais efeito… O produto que é excelente para as madeixas da sua amiga não funciona em você… Segundo o terapeuta capilar e consultor pedagógico do Instituto Embelleze, Alisson Lima, isso ocorre porque cada fio apresenta uma necessidade particular. “Cada fio precisa de um tratamento específico e cada máscara oferece um tratamento diferente. É importante ler o rótulo para entender o que aquele produto oferece. Usar um hidratante que não é necessário, por exemplo, pode danificar os fios”. São três os tipos de máscara capilar: a que somente hidratada, a que nutre e a que reconstrói. Como saber qual delas o seu cabelo precisa? Alisson afirma que o mais indicado é consultar um profissional da área, pois nem sempre é possível identificar sozinha a real necessidade dos fios. Uma dica é avaliar por quais processos o cabelo já passou. “Se tiver alisamento ou descoloração, precisará de uma reconstrução. Se for natural, necessita apenas de uma hidratação”. Entenda para que serve cada tratamento Hidratação É indicada para todo cabelo que não possui processo químico. Alisson recomenda que esse tratamento seja feito uma vez por semana. “Mesmo que o cabelo seja natural, sem química, ele precisa ser hidratado. Só o xampu e o condicionador não dão conta, já que a hidratação deles não é de longa duração”. Uma dica é sempre procurar produtos que contenham ingredientes como óleo de argan, aloe vera e minerais. O profissional indica ainda uma reconstrução feita em salão de beleza, uma vez por mês, para repor as substâncias que fortalecem a fibra capilar. Nutrição A máscara nutritiva é indicada para cabelos com colorações clareadoras e colorações suaves, para protegê-los de possíveis danos. Esse tipo de produto é feito para repor os lipídios do cabelo, ou seja, a oleosidade natural dos fios. “A máscara nutritiva é muito indicada também para cabelos cacheados, já que as ondas fazem com que a oleosidade do couro cabeludo não chegue até todo o comprimento”, afirma o terapeuta capilar do Instituto Embelleze. O ideal é que o creme nutritivo tenha na composição alguns dos seguintes ingredientes: óleo de amêndoas, manteiga de karité, aminoácidos, proteína da seda e óleo de argan. Reconstrução Quando o cabelo passa por um processo químico muito forte, como alisamento, permanente e descoloração, precisa de um tratamento reconstrutor depois. “Quando os fios estão muito frágeis e quebradiços é sinal de que o cabelo precisa ser reconstruído. O produto irá tratar as camadas externas, devolver o brilho, a maciez e o balanço natural”. Para esse tipo de tratamento o indicado é fazer a primeira sessão no salão e depois continuar em casa. É possível ver grandes mudanças logo na primeira aplicação, pois os fios ficam mais fortes e resistentes. Na hora de comprar a máscara reconstrutora, procure produtos que possuam proteínas, ceramidas, arginina, soja e complexo de queratinas na composição.   Você pode aprender muito mais no curso de cabeleireiro profissional. Visite também uma unidade do Instituto Embelleze mais próxima de você.
> Leia mais
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados