Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: tratamentos

Loiro platinado: como alcançar a cor em cada tipo de cabelo
Alcançar o tão desejado loiro platinado é um processo que muda de cabelo para cabelo. Dependendo do tipo de fio – liso, ondulado, cacheado ou crespo – é necessário ajustar a rotina de cuidados para passar sem grandes problemas pela descoloração. Afinal, a química, somada à tinta loiro platinado pode impactar na saúde das madeixas. Quer saber como fazer a descoloração perfeita em suas clientes? Então vem com a gente. CABELOS LISOS: PROGRESSIVAS E OUTRAS QUÍMICAS PODEM INTERFERIR NO RESULTADO DO LOIRO PLATINADO Para evitar o efeito desalinhado ou a quebra dos fios depois de clarear, é importante hidratar bem o cabelo liso. Atenção: se sua cliente já faz alisamentos, fique sabendo que a química pode interferir no clareamento dos fios ou até mesmo impactar na cor final. Juntos, os dois processos também podem ser danosos para a fibra capilar. Por isso, é importante espaçar as datas dos procedimentos antes de platinar. O indicado, se esse for o caso de alguma cliente, é esperar pelo menos duas semanas entre um procedimento e outro, seja para a primeira aplicação ou o retoque. Além disso, no intervalo, é de extrema importância investir em cuidados como a reconstrução capilar, uma técnica que repara os cabelos com químicas para que eles aguentem os diferentes tratamentos e outros aditivos químicos. CABELOS CACHEADOS PRECISAM DE CUIDADOS EXTRA ANTES DA DESCOLORAÇÃO Os cabelos ondulados e cacheados costumam ser mais secos do que os lisos, então é preciso redobrar os cuidados com os fios antes de deixá-los claríssimos. Certifique-se de que as madeixas estão bem hidratadas e macias para passar pela descoloração global e alcançar os cabelos loiros platinados. Dessa forma, é possível reduzir os riscos de quebra e outros danos à fibra capilar ao realizar a transformação. CABELO CRESPO: VAI PLATINAR? CAPRICHE NAS HIDRATAÇÕES! Por ter os cachos mais fechados, os cabelos crespos costumar ser mais frágeis e sofrem ainda mais com o ressecamento. É preciso caprichar na preparação para platinar os fios! Antes de encarar a descoloração, é uma boa ideia investir em tratamentos de hidratação e reconstrução para preservar a saúde do fio. Depois do processo, esses passos devem ser incluídos na rotina de cuidados para manter o cabelo loiro platinado, saudável, forte e brilhoso. O TESTE DE MECHA É NECESSÁRIO ANTES DE QUALQUER CABELO FICAR LOIRO PLATINADO Seja liso, ondulado, cacheado ou crespo, natural ou alisado, mesmo tomando alguns cuidados antes de fazer a mudança de cor, pode ser que o cabelo não esteja preparado para o processo. Essa condição só vai ser descoberta com o teste de mecha, por isso, é importante aplicar em uma mecha para verificar. Se os fios permanecerem fortes e saudáveis depois do tempo de ação, o processo pode ser continuado. COR DA BASE TAMBÉM INFLUENCIA NO RESULTADO DA TINTA LOIRO PLATINADO Além de considerar a textura, é importante ficar atenta a cor atual dos fios na hora de descolorir o cabelo. O tempo de ação do descolorante varia para tons de loiro, ruivo, castanho e preto. Isso também influenciará o número de sessões de clareamento que serão necessárias para chegar ao platinado. Depois disso, ainda pode ser necessário remover ou neutralizar alguns pigmentos para conseguir o efeito desejado. Isso pode ser feito com tonalizante ou com a coloração permanente. Ou seja: quanto mais escuro o cabelo for, de mais cuidados prévios ele vai precisar. Quer se tornar um especialista em colorações? Matricule-se em nosso curso de Cabeleireiro Profissional e aprenda as mais variadas técnicas utilizadas pelos grandes profissionais.  
> Leia mais
Cronograma capilar: tire todas suas dúvidas!
O que é cronograma capilar? O cronograma capilar é uma agenda de tratamentos para os fios que pode ser feito em casa ou no salão, e geralmente dura 30 dias. É um processo que ajuda a repor os nutrientes necessários para ter um cabelo 100% saudável. Realizar este método é essencial já que os procedimentos químicos e o uso excessivo do calor nos fios podem causar danos, deixando os cabelos ressecados, sem brilho e com frizz. Vale lembrar que o cronograma é indicado para todos os tipos de cabelos. Etapas do cronograma capilar O cronograma capilar consiste em 3 etapas. Cada uma oferece propriedades que as madeixas precisam. Confira mais e torne-se um especialista na saúde dos fios! Hidratação A hidratação repõe a água e os nutrientes dos fios, deixando os cabelos macios e com brilho. Todos os tipos de cabelos precisam ser hidratados, até mesmo os virgens, uma vez que as agressões sofridas no dia a dia danificam os fios e abrem as escamas, causando pontas duplas entre outros danos. É importante respeitar a quantidade de produto, para não causar oleosidade excessiva no couro cabeludo.   Nutrição A nutrição repõe os lipídios necessários e devolve a oleosidade natural dos fios. É indicada para cabelos ressecados, sem movimento e opacos. Mais uma vez, é importante não exagerar na quantidade de produto, isso pode deixar os fios pesados.   Reconstrução Cabelos quebradiços, porosos e submetidos a processos químicos (descoloração, colorações, entre outros) são os que mais necessitam de reconstrução. Ela repõe a queratina, devolvendo a rigidez e a força dos fios. É importante realizar esse processo pelo menos uma vez ao mês, mas atenção: o excesso pode deixar o fio muito rígido e ocasionar a quebra. Sendo assim, deve ser feita no máximo a cada 15 dias. O cronograma é um conjunto de técnicas para os cuidados capilares, mas quem vai realmente dizer o que o cabelo necessita são os próprios fios. Quer saber como fazer uma análise capilar e montar o cronograma perfeito para suas clientes? Matricule-se no curso de Cabeleireiro Profissional e fique por dentro das principais técnicas e tratamentos capilares.
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2022 · Todos Direitos Reservados